+

Retiro de Losar (ano novo tibetano)

  • 07:00 PM
  • Casa da Torre, Soutelo, Vila Verde, Braga

 

 

 

Com o início de um novo ciclo a energia da mudança está, mais do que nunca, ativa. O ano novo tibetano, o Losar, que segue o calendário lunar, marca o início da energia da Primavera, o renascer de todas as coisas na natureza.

Aproveitando esse recomeço, retiramo-nos do bulício exterior e interior durante uns dias e tiramos férias do desgaste dos nossos próprios conflitos e emoções perturbadoras, iniciando um novo ciclo nas melhores disposições. Venha partilhar connosco este renascer longe do stress e do contexto habitual, para cuidar de quem verdadeiramente é.

A proposta é um fim-de-semana para mergulharmos na quietude natural do nosso espírito, com momentos para meditar, fazer yoga, partilhar experiências, ouvir ensinamentos e relaxar.

Condições

Orientação: Tsering Paldron, Manuela Margaride (Yoga)
Data: entrada dia 16 de Fevereiro às 19h00 – saída dia 18 de Fevereiro às 17h00
Local: Casa da Torre (Soutelo – Braga)
Condições de alojamento: em quarto single ou duplo com casa de banho privativa / Ou em camarata
Preço: 135€/pessoa em quarto single ou duplo / Camarata 90€
(se não puder participar em virtude do preço, contacte-nos)

Inscrições e mais informações aqui.

Organização: Bodhicharya Portugal

E-mail: bodhicharyaportugal@gmail.com
Site: http://www.bodhicharyaportugal.org

 

tse22Tsering Paldron

Tornou-se budista em 1974, tendo vivido numa escola do budismo  tibetano – entre 1984 e 1988 fez o tradicional retiro de três anos na Dordogne, França, sob a direção espiritual de Dudjom Rinpotché, Dilgo Khyentsé Rinpotché, dois dos maiores Lamas contemporâneos (entretanto já falecidos), e Tsetrul Pema Wangyal Rinpotché.

Em 1992 começa a ensinar o budismo e regressa a Portugal em 1996. Em 1999 toma votos laicos com Trulshik Rinpoche.

Tsering é regularmente convidada para dar seminários, palestras, cursos e orientar retiros em Portugal, França, Bélgica, Inglaterra e Tahiti. Escreveu dois livros sobre budismo “A arte da vida” e “A alquimia da dor” e um terceiro, “A dignidade e o sentido da vida” sobre cuidados paliativos em colaboração com outros autores. A sua mais recente publicação é um livro de contos infantis “As aventuras de Tachi, o grilo tibetano”.

É presidente da associação Bodhicharya Portugal, da delegação do Porto da União Budista Portuguesa e da AMARA, Associação pela Dignidade na Vida e na Morte.