+

Programa Viver a Compaixão

  • 08:00 PM
  • Rua S. João Bosco, 349 | 4100-531 Porto

Um treino para cultivar uma cultura de paz e de ação compassiva na vida pessoal e coletiva

Um programa essencialmente vivencial, incluindo práticas colaborativas, reflexivas e contemplativas inspiradas em várias tradições e metodologias, incluindo as mais recentes investigações sobre Compaixão, para desenvolver autoconhecimento e sobretudo conexão…. pois pertencemos uns aos outros.

Temas:

1. O nosso Ser Maior
2. Autocompaixão e Perdão
3. Sabemos tão pouco
4. Mindfulness e os nossos dias
5. Conhece o teu mundo
6. Como falar uns com os outros
7. Apoia-te em mim
8. Conhecer é amar

4 atitudes a cultivar:

abertura: pois o mundo é vasto
meditação: ser consciente para poder acolher
envolvimento: pois vivemos em interdependência
criatividade: porque a vida é criativa

 

Este programa pode interessar qualquer pessoa, mas principalmente:

Quem já iniciou uma prática de meditação e mindfulness e quer ir mais longe numa prática “com coração”.

Quem se sente desassociado ou até separado dos outros e da vida e no entanto anseia por mais conexão.

Quem sente que é urgente contribuir para uma vida pessoal e coletiva com mais entreajuda e altruísmo.

Quem se sente cansado ou mesmo assoberbado ao tentar lidar com as várias exigências no mundo do trabalho, em casa, em sociedade, e procura um equilíbrio, em que possa dar sem se esgotar.

Este programa pode interessar especificamente profissionais de saúde, trabalhadores sociais e cuidadores que têm de lidar com o sofrimento dos outros diariamente e de forma muito próxima.


O curso piloto
a iniciar em Outubro de 2018 terá um preço reduzido de €70. O número de vagas é limitado. Terão prioridade pessoas que tenham já participado nos cursos  do CBP.

Datas: sextas-feiras das 20h às 22h30 – 5, 12, 19 e 26 de Outubro, 9, 16, 23, 30 de Novembro  + sábado 15 de Dezembro das 15h às 19h

Inscrições por formulário

As edições seguintes obedecerão a uma economia da generosidade: o participante poderá escolher o valor mais confortável para si. Os participantes que escolherem a quantia mais elevada estarão a contribuir para os que não podem contribuir da mesma forma.

 

Este programa resulta de mais de 40 anos de procura, da minha prática na tradição budista, do meu interesse por outras tradições e metodologias, e nos últimos anos, da minha experiência no Mindfulness. Resulta da colaboração e incentivo da minhas mentoras, Patrizia Collard e Helen Stephenson, da inspiração de Vidyamala Burch, da equipa de formadores do Centro Budista do Porto e das centenas de alunos dos cursos de Meditação, e muito especialmente do carinho dos participantes dos Doze Passos para uma Vida Compassiva. Resulta também do reconhecimento que não sobrevivemos sem nos ajudarmos uns aos outros e que somos, muito simplesmente, mais felizes quando damos um sentido à nossa vida  (Margarida Cardoso)

 

Margarida Cardoso

Começou a praticar meditação aos 14 anos e aos 24 comprometeu-se com um aprofundamento da prática numa comunidade budista laica, onde viveu cerca de 7 anos. Durante cerca de 9 anos foi a responsável pela delegação do Porto da União Budista Portuguesa. Nessa qualidade, teve a oportunidade de conhecer professores e mestres das várias tradições budistas. Em 2000 iniciou uma prática dentro do budismo Zen e em 2008 tomou os preceitos (Jukai) sob a orientação de Roshi Zen Amy Hollowell. Tem a formação de instrutora de meditação Samatha-Vipasyana do Instituto Karma Ling (atual Sangha Rimay). Recebeu ensinamentos de (entre outros mestres) Sua Eminência o Dalai Lama, Dilgo Khyentse Rinpoche, Khandro Rinpoche, Mingyur Rinpoche e Ringu Tulku, e participou ainda em retiros orientados por Ajahn Nyanarato, Genpo Roshi, Roshi Catherine Genno Pagès, Roshi Amy Hollowel, Martine Batchelor, Adyashanti, Shingan Francis Chauvet, etc.

É responsável pelo Centro Budista do Porto e pelo projeto Centro de Meditação Dhyana. É professora de Mindfulness, facilitando o programa MBCT (Mindfulness Based Cognitive Therapy), tendo como mentoras Patrizia Collard, PhD e Helen Stephenson, segundo as orientações da UK Network for Mindfulness-Based Teacher Training Organisations. É facilitadora do currículo em Mindfulness na Educação (para crianças e adolescentes) de Mindful Schools e do programa Still Quiet Place. Tem formação em Mindfulness na Comunicação e MBPM (Mindfulness-Based Pain Management – Breathworks). É responsável pelo programa Mindfulness para Professores na Faculdade de Letras do Porto (cursos de Formação Contínua) e participou na 1.ª edição em Portugal de Formação de Professores de MBCT enquanto professora assistente.

Licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas, trabalhou profissionalmente em lexicografia numa editora, e interessa-se ainda por vegetarianismo, artes expressivas, escrita e criatividade, orientando desde 2001 workshops, cursos e retiros de meditação em que integra estas componentes.