+

Curso de Introdução à Meditação

  • 08:00 PM
  • Rua S. João Bosco, 349 | 4100-531 Porto
  • 918260562

Meditação para principiantes – nível 1

o encontro da tradição budista e da ciência ocidental

A prática da meditação permite-nos ir ao encontro do que realmente somos – o que somos para além dos nossos hábitos e da nossa história.  E embora nos possa trazer bem-estar, não é uma simples técnica de autoajuda – é um caminho de autenticidade, de autoaceitação, de descoberta de nós e dos outros – e fundamentalmente um caminho de libertação.

Temas:

I. Introdução às técnicas de meditação: atenção, construção e desconstrução.
Desenvolver a consciência do momento presente (e por que é que é importante)
prática: respirar a vida – atenção plena à respiração
II. O caminho do não-esforço
prática: atenção ao corpo e sensações
fazer uma pausa: espaço de respirar
III. Não somos os nossos pensamentos
prática: atenção plena aos pensamentos e estados mentais
IV. A felicidade treina-se
prática: cultivar emoções positivas (os brahmaviharas)

Este curso é concebido para principiantes. Nestas quatro sessões os participantes treinam as técnicas que lhes permitem começar uma prática pessoal de meditação.  O curso inclui material de apoio – textos em pdf e meditações de orientação, online.

 

o curso é composto por 4 sessões de 2h, no total 8h

Nestas quatro sessões os participantes treinam as técnicas que lhes permitem começar uma prática pessoal.  O curso inclui material de apoio – textos em pdf e meditações de orientação, online.

Embora integre uma perspetiva budista da meditação, o curso é previsto para qualquer pessoa, independentemente das suas perspetivas a nível religioso ou espiritual – só requer a disponibilidade para estar presente e utilizar as ferramentas no seu dia-a-dia.

 

Escolha um dos horários:

 

 

Julho/Agosto

segundas, das 20h às 22h: 30 de Julho, 13, 20 e 27 de Agosto LOTADO

quintas, das 20h às 22h: 9, 16, 23 e 30 de Agosto

Setembro

segundas, das 20h às 22h: 3, 10, 17 e 24 de Setembro LOTADO

quartas das 20h às 22h: 5, 12, 19 e 26 de Setembro


Outubro

segundas, das 20h às 22h: 1, 8, 15 e 22 de Outubro

sábados das 11h às 13h: 6, 13, 20 e 27 de Outubro

 

onde: Rua S. João Bosco, 349 | 4100-531 Porto

contribuição: €50 (preço total das 4 sessões)               Inscreva-se

 

A não participação na primeira sessão implica a não frequência do curso.

Este curso pretende dar as bases para uma prática pessoal de meditação e de atenção no dia-a-dia – não confere competência para ensinar meditação;

Idade mínima de participação: 16/17 anos

 

testemunho:

 

Foi com alguma desconfiança que me inscrevi no Curso de Introdução à Meditação do Centro Budista do Porto. Sempre fui algo céptica em relação a este tipo de actividades, mas, decidida a tratar a minha ansiedade, ao ler a descrição do curso, decidi arriscar. Foi a melhor decisão que poderia tomar.
Pela primeira vez, estou a adquirir as ferramentas que impedem os meus pensamentos de me dominar e bloquear. Perceber isso dá-me uma enorme alegria, esperança e autoconfiança.
Estou no início de um caminho que está a provar ser o caminho certo para a paz e serenidade. Nele pretendo continuar. (M. N.)

 

O nível I lança as fundações para uma prática pessoal baseada na atenção plena (mindfulness).

Para quem quer aprofundar a sua prática, o curso prossegue com:

Nível 2: ir para além dos hábitos: a experiência do que somos naturalmente.

Se procura a meditação como forma de lidar com questões como o stresse ou ansiedade, pode escolher o Programa de Mindfulness para o Bem-estar (8 semanas).

Para consolidar a prática, sugerimos a participação nas sessões de meditação semanal.

Durante o fim-de-semana pode participar numa manhã ou no domingo de prática mensal.

Outra possibilidade, é aprofundar os diferentes componentes da meditação em cursos “temáticos”:

  1. Cultivar a Atenção
  2. Cultivar o  Coração
  3. Cultivar o Insight (ainda sem datas previstas)

 

Considere ainda fazer um retiro anual

 

Orientação: 

Margarida Cardoso

Começou a praticar meditação aos 14 anos e aos 24 comprometeu-se com um aprofundamento da prática numa comunidade budista laica, onde viveu durante cerca de 7 anos. Durante cerca de 9 anos foi a responsável pela delegação do Porto da União Budista Portuguesa. Nessa qualidade, teve a oportunidade de conhecer professores e mestres das várias tradições budistas. Em 2000 iniciou uma prática dentro do budismo Zen e em 2008 tomou os preceitos (Jukai) sob a orientação de Roshi Zen Amy Hollowell. Tem a formação de instrutora de meditação Samatha-Vipasyana do Instituto Karma Ling (atual Sangha Rimay). Recebeu ensinamentos de (entre outros mestres) Sua Eminência o Dalai Lama, Dilgo Khyentse Rinpoche, Khandro Rinpoche, Mingyur Rinpoche e Ringu Tulku, e participou ainda em retiros orientados por Ajahn Nyanarato, Genpo Roshi, Roshi Catherine Genno Pagès, Roshi Amy Hollowel, Martine Batchelor, Adyashanti, Shingan Francis Chauvet, etc.

É responsável pelo Centro Budista do Porto e pelo projeto Centro de Meditação Dhyana. É professora de Mindfulness, facilitando o programa MBCT (Mindfulness Based Cognitive Therapy), tendo como mentoras Patrizia Collard, PhD e Helen Stephenson, segundo as orientações da UK Network for Mindfulness-Based Teacher Training Organisations. É facilitadora do currículo em Mindfulness na Educação (para crianças e adolescentes) de Mindful Schools e do programa Still Quiet Place. Tem formação em Mindfulness na Comunicação e MBPM (Mindfulness-Based Pain Management – Breathworks). É responsável pelo programa Mindfulness para Professores na Faculdade de Letras do Porto (cursos de Formação Contínua) e participou na 1.ª edição em Portugal de Formação de Professores de MBCT enquanto professora assistente.

Licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas, trabalhou profissionalmente em lexicografia numa editora, e interessa-se ainda por vegetarianismo, artes expressivas, escrita e criatividade, orientando desde 2001 workshops, cursos e retiros de meditação em que integra estas componentes.

 

 

João Sá Nasceu em Vila Nova de Gaia em 1970. Muito cedo iniciou uma procura pessoal que integra meditação e práticas artísticas.

Ainda jovem, tornou-me amigo e voluntário frequente da Casa de Santa Isabel, Instituto de Pedagogia Curativa inspirado por Rudolf Steiner, onde encontrou nas práticas  de agricultura Biodinâmica, arte-terapia e trabalho com deficientes mentais e educação Waldorf, inspiração para um caminho pessoal de Meditação na Ação e na Arte.

Com 21 anos viveu na Communauté de l’Arche criada por Lanza del Vasto, um discípulo direto de Mahatma Gandhi – uma oportunidade de viver a Simplicidade Voluntária e Meditação no quotidiano.

Ao entrar em contacto mais profundo com o budismo, tomou refúgio junto de Ringu Tulku Rinpoché (em 2005), interessando-se especialmente pelo diálogo e complementaridade entre os Budismos Zen e Tibetano. Participou em cursos, retiros e ensinamentos destas tradições, com especial ênfase em retiros de silêncio. Em 2007 fez o  Retiro Vipassana de 10 dias, em 2008 viveu durante quatro meses no Centro Rio Ganges em Recife, mantendo uma prática pessoal de meditação e meditação através da arte, em diálogo com António Guinho. Frequentou as práticas diárias matinais do  Centro Zen de Recife Seirenji e as práticas semanais do grupo ligado ao Lama Padma Samten (Budismo Tibetano).

A partir de 2008 com o apoio intensivo de António Guinho, Tsering (Bodhicharya Portugal) e Margarida Cardoso (Centro Budista do Porto), alicerçado nas fermentas de meditação na ação do mestre Thich Nhat Hanh, cria as suas próprias formas de meditação através da arte: Mandala Comestível e, com a Susana Correia, TerrAbraço e SilenciArte.

Foi cofundador da Sangha Zen Camélia Branca e nos últimos anos é particularmente inspirado pela tradição do zen vietnamita de Thich Nhat Hahn. Em 2015 tomou os Cinco Treinamentos da Mente formulados por Thich Nhat Hanh, estabelecendo uma relação com o desafio de abraçar este ideal tão vasto e exigente.

A pedido dos seus professores mais próximos, orienta regularmente práticas de meditação e Plena Consciência desde 2010.