+

Professores e formadores

 

Margarida Cardoso

Começou a praticar meditação aos 14 anos e aos 24 comprometeu-se com um aprofundamento da prática numa comunidade budista laica, onde viveu cerca de 7 anos. Durante cerca de 9 anos foi a responsável pela delegação do Porto da União Budista Portuguesa. Nessa qualidade, teve a oportunidade de conhecer professores e mestres das várias tradições budistas. Em 2000 iniciou uma prática dentro do budismo Zen e em 2008 tomou os preceitos (Jukai) sob a orientação de Roshi Zen Amy Hollowell. Tem a formação de instrutora de meditação Samatha-Vipasyana do Instituto Karma Ling (atual Sangha Rimay). Recebeu ensinamentos de (entre outros mestres) Sua Eminência o Dalai Lama, Dilgo Khyentse Rinpoche, Khandro Rinpoche, Mingyur Rinpoche e Ringu Tulku, e participou ainda em retiros orientados por Ajahn Nyanarato, Genpo Roshi, Roshi Catherine Genno Pagès, Roshi Amy Hollowel, Martine Batchelor, Adyashanti, Shingan Francis Chauvet, etc.

É responsável pelo Centro Budista do Porto e pelo projeto Centro de Meditação Dhyana. É professora de Mindfulness, facilitando o programa MBCT (Mindfulness Based Cognitive Therapy), tendo como mentoras Patrizia Collard, PhD e Helen Stephenson, segundo as orientações da UK Network for Mindfulness-Based Teacher Training Organisations. É facilitadora do currículo em Mindfulness na Educação (para crianças e adolescentes) de Mindful Schools e do programa Still Quiet Place. Tem formação em Mindfulness na Comunicação e MBPM (Mindfulness-Based Pain Management – Breathworks). É responsável pelo programa Mindfulness para Professores na Faculdade de Letras do Porto (cursos de Formação Contínua) e participou na 1.ª edição em Portugal de Formação de Professores de MBCT enquanto professora assistente.

Licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas, trabalhou profissionalmente em lexicografia numa editora, e interessa-se ainda por vegetarianismo, artes expressivas, escrita e criatividade, orientando desde 2001 workshops, cursos e retiros de meditação em que integra estas componentes.

Blog http://margaridazulcardoso.wordpress.com/

 

João Sá Nasceu em Vila Nova de Gaia em 1970. Muito cedo iniciou uma procura pessoal que integra meditação e práticas artísticas.

Ainda jovem, tornou-me amigo e voluntário frequente da Casa de Santa Isabel, Instituto de Pedagogia Curativa inspirado por Rudolf Steiner, onde encontrou nas práticas  de agricultura Biodinâmica, arte-terapia e trabalho com deficientes mentais e educação Waldorf, inspiração para um caminho pessoal de Meditação na Ação e na Arte.

Com 21 anos viveu na Communauté de l’Arche criada por Lanza del Vasto, um discípulo direto de Mahatma Gandhi – uma oportunidade de viver a Simplicidade Voluntária e Meditação no quotidiano.

Ao entrar em contacto mais profundo com o budismo, tomou refúgio junto de Ringu Tulku Rinpoché (em 2005), interessando-se especialmente pelo diálogo e complementaridade entre os Budismos Zen e Tibetano. Participou em cursos, retiros e ensinamentos destas tradições, com especial ênfase em retiros de silêncio. Em 2007 fez o  Retiro Vipassana de 10 dias, em 2008 viveu durante quatro meses no Centro Rio Ganges em Recife, mantendo uma prática pessoal de meditação e meditação através da arte, em diálogo com António Guinho. Frequentou as práticas diárias matinais do  Centro Zen de Recife Seirenji e as práticas semanais do grupo ligado ao Lama Padma Samten (Budismo Tibetano).

A partir de 2008 com o apoio intensivo de António Guinho, Tsering (Bodhicharya Portugal) e Margarida Cardoso (Centro Budista do Porto), alicerçado nas fermentas de meditação na ação do mestre Thich Nhat Hanh, cria as suas próprias formas de meditação através da arte: Mandala Comestível e, com Susana Correia, TerrAbraço e SilenciArte.

Foi cofundador da Sangha Zen Camélia Branca e nos últimos anos é particularmente inspirado pela tradição do zen vietnamita de Thich Nhat Hahn. Em 2015 tomou os Cinco Treinamentos da Mente formulados por Thich Nhat Hanh, estabelecendo uma relação com o desafio de abraçar este ideal tão vasto e exigente.

A pedido dos seus professores mais próximos, orienta regularmente práticas de meditação e Plena Consciência desde 2010.

 

Diogo Rolo é licenciado em Economia e Mestre em Finanças pela Faculdade de Economia do Porto. O seu interesse pelas tradições contemplativas do Oriente, especialmente o Budismo, começou em 2007, tendo de seguida explorado várias escolas e tradições meditativas. Desde 2011, o seu interesse profissional tem-se focado na convergência entre as descobertas mais recentes da ciência Ocidental e a sabedoria milenar das tradições contemplativas do Oriente, explorando formas de integrar este conhecimento no local de trabalho, com o objectivo de melhorar a performance e o bem-estar dos colaboradores das mais exigentes organizações da actualidade. Em 2013 tornou-se instrutor certificado do protocolo “Cultivating Emotional Balance“, um programa elaborado a pedido de SS o Dalai Lama com o objectivo de desenvolver uma abordagem secular que estimule o equilíbrio emocional.

Em 2014, ano em que criou o projecto ≡ Mind Revolution ≡, concluiu a primeira certificação global para o ensino do programa Search Inside Yourself (SIY), um programa de inteligência emocional baseado em mindfulness desenvolvido na Google. Desempenha atualmente funções enquanto consultor sénior em Portugal do Potential Project, organização global líder no desenho e implementação de soluções de eficácia organizacional, baseadas em mindfulness, cuja certificação, enquanto facilitador, concluiu em 2016.

https://www.linkedin.com/in/diogorolo

 

catarinaCatarina Távora Tem formação em Economia e Gestão e trabalhou durante 5 anos em grandes empresas. O interesse pela meditação e pelas tradições contemplativas materializou-se quando conheceu o Centro de Estudos Budistas Bodisatva no Brasil.

O seu entusiasmo pelo florescimento humano e pela descoberta de novas formas de gerir a mente, e mais concretamente a experiência emocional, levou-a a mudar o seu percurso. No final de 2015 começou a colaborar no projeto ≡ Mind Revolution ≡, dedicado à introdução de programas baseados em mindfulness em contexto organizacional, e em 2016 tornou-se instrutora certificada do programa Cultivating Emotional Balance (CEB). Além de continuar esta exploração pessoalmente, o seu objetivo é o de tornar os conteúdos do CEB tão acessíveis quanto possível.

 

 

13501728_10208091913727430_3266391810239012740_nIvone Ruth Anes de Almeida

Colaboradora do BOA (Bombarda Oficinas de Artes), e do Serviço Educativo da Fundação de Serralves; dinamiza oficinas criativas de leitura, escrita e expressões integradas em escolas, associações e outros espaços; foi atriz e professora de Português e de expressão dramática. Pratica meditação e yoga há vários anos e tem vindo a dinamizar, em colaboração com o CBP, o projeto Parar, Reparar e Respirar que se propõe divulgar e desenvolver  técnicas  minfulness para crianças e adolescentes.

 

Carla Queirós trabalha em Engenharia do Ambiente. Tem formação em meditação e mindfulness pelo Centro Budista do Porto, sob a orientação de Margarida Cardoso, e em Hatha Yoga pelo Núcleo de Estudos Nataraja, com os professores Jorge Saraiva e Francisca Pimenta. Pratica Yoga desde 2010, tendo começado a lecionar em 2016 no Centro Budista do Porto e no Canto do Sol. Participa num programa de voluntariado com séniores (yoga na cadeira) no Lar de Sant’ana ao abrigo do Projeto VEM – Voluntariado em Matosinhos.

 

 

 

 

 

Professores convidados:

tse22Tsering Paldron

Praticante budista desde 1974, Tsering Paldron viveu muitos anos na Bélgica e em França. Recebeu ensinamentos e iniciações de muitos Lamas e, entre 1984 e 1988, fez o tradicional retiro de 3 anos na Dordogne, França, sob a direcção espiritual de Dudjom Rinpoché e Dilgo Khyentsé Rinpoché (mestre do Dalai Lama e de Ringu Tulku), dois dos mais importantes Lamas contemporâneos (entretanto já falecidos) e Tsetrul Pema Wangyal Rinpoche.

Em 1992 começou a ensinar o budismo e voltou para Portugal em 1996, onde tem vivido nos últimos anos, apesar de viajar bastante. Foi tradutora do Dalai Lama aquando da sua primeira visita a Portugal e tem sido tradutora de muitos outros lamas para francês e português. Conheceu Ringu Tulku em 1997 e tem seguido os seus ensinamentos e sido sua tradutora em inúmeras ocasiões.

É autora de “A arte da vida”, “A alquimia da dor”, “As aventuras de Tachi, o grilo tibetano” (livro de contos infantis) e de “A dignidade e o sentido da vida” sobre cuidados paliativos em colaboração com outros autores. O seu mais recente livro é “O Hábito da Felicidade”.

É presidente de Bodhicharya Portugal.

Página: Tsering Paldron

 

mario Mário Madrigal Investigador em desenvolvimento humano, coach e formador desde 1992. Iniciou o seu percurso profissional como economista e professor universitário em Espanha. Desde 1996 reside em Portugal onde foi empresário até 2012, momento em que decidiu dedicar-se em exclusividade ao setor social através da Wakeseed, seguindo a sua vocação real. Paralelamente ao seu percurso profissional, Mário graduou-se em Coaching e Inteligência Emocional na Universidade Camilo José Cela de Madrid, cursou estudos teatrais em vários centros de Lisboa, entre eles o Programa Anual de Educação Teatral para profissionais da Educação da Fundação Gulbenkian, e está em permanente formação em diversas áreas do desenvolvimento humano em centros nacionais e internacionais, especializando-se atualmente na educação não formal para a morte, área na qual é voluntário no acompanhamento de pessoas em fim de vida.

Página http://www.wakeseed.org/

Patrizia Collard é psicoterapeuta, formadora e professora de mindfulness certificada, e coach, oferecendo  uma combinação única de qualificações profissionais e experiência pessoal.

Patrizia Collard frequentou a Universidade de Oxford (BA Hons.), tendo realizado o seu doutoramento na Universidade de Bangor em 1992, onde foi posteriormente professora. Atualmente é Senior Lecturer na University of East London, fazendo parte do Departmento de Psicoterapia, sendo responsável pelas áreas de CBT (Cognitive Behaviour Therapy), MBCT (Mindfulness Based Cognitive Therapy) e MSC (Mindfulness and Self Compassion).

Nos anos 90 viveu na China, e aí iniciou a prática de meditação e yoga. Ao voltar para o Reino Unido em 2000 começou a integrar a experiência meditativa na sua prática terapêutica e no ensino.  Completou a formação de Professora de Mindfulness na Universidade de Bangor e tornou-se um dos primeiros membros da UK Network for Mindfulness-Based Teacher Training Organisations.

Treinou com Jon Kabat-Zin e Saki Santorelli, e posteriormente com Rebecca Crane, John Teasdale, Mark Williams, Christine Feldman e Rick Hanson. É professora certificada de Self Compassion no  Centre for MSC (Chris Germer e Kristin Neff). Supervisionou vários projetos de mestrado na área de Mindfulness, tais como “The use of Mindfulness as a treatment for Autism Spectrum Disorder”,  “Mindfulness for the treatment of Trauma with members of the British Army” e “Mindfulness for Eating Disorders”. Desenvolveu o Programa de Formação de Professores de Mindfulness para o British Mindfulness Institute e é autora e coautora de livros académicos e livros para o grande público. Escreveu The Mindfulness Bible, MBCT for Dummies, Journey into Mindfulness, Mindfulness for Compassionate Living, The Little Book of Mindfulness (traduzido para Português em 2018), Tibbs the Meditation Cat, e, juntamente com Helen Stephenson, the Mindfulness Diet (traduzido em português) e the Mindfulness Cookbook. Os seus livros estiveram várias vezes nas listas dos mais vendidos (Amazon, Der Spiegel, Noruega, etc.). Patrizia Collard é bilingue e ensina por toda a Europa, tendo ensinado centenas de praticantes e treinado dezenas de professores de Mindfulness.

 

Helen Stephenson tem dedicado a sua vida à prática e estudo do Yoga, Pilates, mindfulness, meditação e aconselhamento.

Helen é Professora de Mindfulness nível 3 e é uma Formadora qualificada de Professores de Mindfulness. Treinou com a Dra. Patrizia Collard e com Jody Mardula e Cindy Cooper no Centro de Mindfulness da Universidade de Bangor. É coautora dos livros Mindfulness Diet e Mindfulness Cookbook. É diplomada pela Universidade de Hamburgo.

As suas qualificações incluem:

  • diploma em Counselling (casais, famílias e indivíduos)
  • certificado em Clarificação de Conflito com Dr. Christoph Thoman na Suíça
  • treino em Psicologia da Comunicação com Prof. Schulz von Thun e a sua equipa, da Universidade de Hamburg
  • Professora Sénior de Yoga e Pilates na Yoga Alliance
  • professora convidada na Gaia House em Devon nos últimos 10 anos

 

13754426_10206639218282035_4764978244514556123_nManuela Margaride – Pratica yoga (Hatha Yoga) há 13 anos com Dulce Azevedo. Participou em vários retiros na Casa Karuna e na Quinta das Águias, com Bruno Teixeira e Paulo Vieira. Curso de introdução ao Vedanta com Gloria Arieira na casa Ganapati. Curso de Yoga sutras no Centro Amrita de Yoga com Miguel Homem. Aulas intensivas (2h30) com Miguel Homem na casa Ganapati. Intensivo de Yoga método Iyengar com Leonor Castilho no Centro Amrita de Yoga. Curso de Pranayama e Antar Mouna com Pedro Kupfer na casa Ganapati. Curso de Yoga para Crianças com Miguel Correia. Ensina desde 2009 sob a orientação de Dulce Azevedo.

 

Maria Garcez

Psicóloga Clínica (Membro Efetivo da OPP), tem formação em Mindfulnes-Based Stress Reduction (MBSR – Univ. San Diego), Mindfulness Based Eating Awareness (MB-EAT), Mindfulness na Educação (Mindful Schools e EDT), Terapia Transpessoal (EDT) e Arte Terapia (SPAT).Acredita que todas as histórias merecem ser escutadas de uma forma gentil e empática. Acredita que cada emoção tem uma mensagem com um significado e propósito.

Acredita que cada um de nós possui um conjunto único de dons e imperfeições. É essa a nossa humanidade

 .

carmoCarmo Marques é formada em Direito pela UP. Frequentou durante 2 anos o Curso de Feng-Shui na Escola Nacional de Feng-Shui do Instituto Macrobiótico de Portugal, tendo estudado feng shui clássico e Intuitivo.Interessou-se pela filosofia oriental desde 2008 e começou o estudo e prática do Budismo sob a orientação de Tsering Paldron. Participou em vários cursos e aulas de meditação e tornou-se Budista, tomando refúgio com Ringu Tulku em 2009 em Londres. Recebeu iniciações de Yangsi Khyentsé Rinpoché e participou em vários retiros com Ringu Tulku e com Tsering Paldron. Carmo Marques complementa a abordagem intuitiva do Feng-Shui com o conhecimento da filosofia e a da prática budistas para a criação de um espaço propício à serenidade e à meditação.

 

jose eduardoJosé Eduardo Reis é professor na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, na área dos estudos literários e investigador de literatura comparada no Instituto Margarida Losa da Faculdade de Letras do Porto. À parte a sua filiação em organizações nacionais e internacionais relacionadas com a sua área profissional, é membro da União Budista Portuguesa, tendo sido vice-presidente da sua delegação no Porto (2005-2008).

A partir de 1988 começou a participar em retiros de meditação orientados pelo mestre zen japonês Hôgen Yamahata, de que se tornou discípulo secular após ter co-traduzido com Manuel Zimbro o seu livro No Caminho Aberto. Na tentativa de integrar e adaptar os ensinamentos essenciais do seu mestre a um contexto secular da cultura ocidental tem vindo a articulá-los com ensinamentos dos professores budistas ocidentais Amy Hollowell, de que traduziu o livro de poemas Ultrassom, Martine Batchelor e Stephen Batchelor, de que traduziu o livro Vivendo com O Diabo.

Como praticante zen ocidental prosseguindo uma pesquisa cultural e socialmente ativa e comprometida é membro do centro espiritual Jikô-An, fundado por Hôgen e sediado em Yegen, Serra Nevada, Espanha, e da comunidade Wild Flower fundada por Amy Hollowell.